Marketing direto e as suas estratégias

setembro 22, 2017
by Ready to Do

marketing direto


Conhecendo melhor seus clientes e suas necessidades fica fácil criar produtos e divulgá-los da melhor maneira, atingindo mais leads. Assim, o marketing direto passa a ser entendido como marketing de foco nas vontades e anseios dos clientes.

Aliás, o marketing direto é o marketing de relacionamento continuado entre uma empresa e um cliente, que possibilita satisfação de interesses com grande efetivação de trocas e sua repetição contínua.

Antes de tudo é necessária a identificação do seu público-alvo. Como estamos citando consumidores que já têm interesse em sua marca, é importante ter um banco de dados à sua disposição. É nessa hora que utilizamos o CRM ou o cadastro de clientes e separamos algumas informações, como: sexo, idade, renda, interesses pessoas, localização etc.

Quando há uma conversa direta com seu público, sua marca cria um canal de interação em que pode conseguir grandes informações sobre seus consumidores. Um exemplo disso são: quais são suas principais dúvidas; o que eles prezam no atendimento; suas necessidades; dentre outros.

A partir desse conhecimento profundo que terá com seu público, você consegue formular ações para suprir as expectativas dos mesmos.

Após saber quais são os principais objetivos do marketing direto e identificar o seu público-alvo, que tal saber os benefícios que essa estratégia traz para a sua empresa?


MARKETING DIRETO E SEUS BENEFÍCIOS

Nesse tópico você vai conhecer alguns tipos de ganhos que sua empresa terá ao utilizar esse tipo de marketing:

  • Comunicação eficiente
Quando você utiliza o marketing direto, sabe exatamente com quem está falando. Dessa forma, as ações de comunicação se tornam mais eficazes. Por quê? Sua marca está se comunicando diretamente com os consumidores que fazem parte do seu público-alvo. Sendo assim, o retorno que você irá obter será muito maior comparado ao marketing indireto.

  • Fidelização dos seus clientes
Quando sua comunicação está direcionada de forma correta e com conhecimento sobre o seu público, você conseguirá um relacionamento mais forte com o seu cliente. O marketing direto faz com que o seu consumidor tenha consciência de que sua empresa se importa com ele e com suas necessidades, e que ele tem um canal aberto para interagir com o seu negócio.

  • Customizando serviços e produtos
Outra vantagem desse tipo de marketing é que ele possibilita a customização dos serviços e produtos de acordo as necessidades e os desejos do cliente. Por exemplo, se o seu público vem mostrando grande interesse em celular, você pode criar uma promoção envolvendo esses produtos, pois sabe qual é o produto que o cliente vem buscando no mercado.

Quando se tem um marketing direto, sua marca constrói uma forte e duradoura relação com os seus clientes. Com isso, a seguir vamos saber como utilizar essa ferramenta na sua estratégia de negócio.


UTILIZANDO O MARKETING DIRETO

Como já esclarecemos sobre o conceito de marketing direto, a seguir você vai conhecer algumas ações que deverá tomar para criar uma campanha de marketing direto bem-sucedida.


marketing direto

  • Decidindo a melhor abordagem
Você já conseguiu as informações sobre o seu público-alvo? Agora é a hora de escolher a melhor forma de abordá-lo – ou seja, ligar, mandar e-mail etc. Mas o que determina isso?

Um público que está conectado talvez seja mais interessante receber as ofertas por meios digitais, enquanto alguém mais tradicional goste de uma carta impressa, por exemplo. Em outros casos você também pode utilizar mais de uma forma de comunicação para causar uma boa impressão com os seus clientes.

  • Apostando nas suas ferramentas
Após definir qual abordagem usar, você deve escolher as suas ferramentas e aprender como usá-las.

Independentemente de qual método você escolher, escolha as ferramentas certas e use-as de maneira correta. Por exemplo, se você apostar em um remarketing há ótimos recursos nas redes sociais e sites de busca que podem ajudar.

  • Investindo no senso de urgência
Um dos elementos que fazem parte do marketing direto é o senso de urgência, que precisa ser explorado da forma correta para dar resultados. Mas como?

Por exemplo: quando uma oferta tem um tempo curto de expiração e não há tempo para indecisão, o que faz os clientes se sentirem mais inclinados para aceitá-la. Por outro lado, se tiver bastante tempo, ele não vai dar a importância necessária para o assunto e é bem provável que acabe se esquecendo da oferta em questão.

  • Fazendo o primeiro teste
Você já tem tudo o que precisa para a sua campanha, certo? Mas precisa iniciar de alguma forma. Então, para isso separe um grupo menor do seu público-alvo e teste essa estratégia com ele.

Realizando dessa forma, você poderá observar os resultados e encontrar possíveis problemas na segmentação, na abordagem ou até mesmo na oferta entre si. Se você encontrar esses problemas nessa fase, será mais fácil para corrigi-los sem modificar a campanha como um todo.

  • Mensurando os seus resultados
Não existe sucesso no marketing direto sem o acompanhamento de todos os resultados. Tendo isso em mente, mensure os resultados que você obteve em cada fase da campanha, desde o número de pessoas que foram impactadas pelo primeiro contato até quantas pessoas realmente foram convertidas com essa estratégia.

Para fazer um acompanhamento detalhado, você pode utilizar métricas para sua campanha. Além disso, fazendo essas métricas é importante determinar como deve ser o planejamento das próximas ações de marketing direto, o que deu certo, quais erros devem ser evitados etc.

Sabendo como utilizar o marketing direto da melhor maneira para ter sucesso na sua empresa, a seguir vamos apresentar cinco dicas para serem levadas em consideração na hora de fidelizar o seu cliente.


FIDELIZANDO SEU CLIENTE COM 5 DICAS

É importante destacar que o marketing não é só para atrair clientes; pelo contrário, ele também pode ser utilizado como recurso para a fidelização do cliente. Com isso, separamos algumas dicas para você:

  • Mantenha sempre a conversa interessante
Não se lembre apenas do seu público quando for realizar uma oferta especial; mantenha sempre um contato constante com ele e, mais do que isso, torne esse contato sempre interessante.

A melhor forma para realizar isso é produzindo um conteúdo relevante e que gere valor de forma constante, e engajar a audiência através das redes sociais. Desse modo, sempre que tiver uma oferta, o público estará mais propenso a ouvi-la.

  • Oferecendo vantagens reais
Mais um ponto essencial é não inventar qualquer oferta só para dizer que oferece benefícios ao consumidor. Quando decidir realizar alguma ação desse tipo, procure algo que seja de real valor para os seus clientes, algo que fará com que eles não se arrependam caso aceitem a sua oferta.

Se você fizer isso, os clientes irão perceber a confiabilidade que a empresa passa e sempre estarão atentos para as novas iniciativas da sua empresa.

  • Criando ações que reforcem o branding
É importante lembrar que mesmo quando um cliente não aceita a oferta, isso não irá significar que a campanha foi um fracasso. Muitas vezes o impacto de uma ação terá um efeito duradouro na pessoa e contribuirá para que ela compre no futuro.

Por isso é importante sempre buscar reforçar o branding e destacar o valor da marca em cada uma de suas ações, a fim de que o público consiga se identificar cada vez mais com a sua empresa.

  • Recompensando quem já é cliente
Quanto mais clientes se sentirem valorizados e perceberem os benefícios de serem fiéis, é capaz que continuem sempre comprando na mesma empresa. Mas por que oferecer benefícios exclusivos para esses clientes?

Quando você fornece algum tipo de benefício, está diretamente ligado à confiança e ao apoio que a pessoa vem demonstrando a sua marca, e por conta disso está sendo valorizado.

  • Pensando na experiência completa
Ao invés de apenas levar a pessoa à ação, vale considerar a experiência completa que ela terá, pois no fim isso será crucial para a fidelização desse cliente com a sua empresa.

A pessoa terá trabalho para acertar a oferta? Caso ela faça isso, como recompensá-la? E se não aceitar, que tipo de follow-up poderá ser aplicado? Tudo isso deve ser planejado para otimizar os resultados futuros.

Até aqui você já entendeu e aprendeu algumas dicas para utilizar seu marketing direto, certo? Então agora vamos dar alguns exemplos de um marketing direto para que você não tenha mais nenhuma dúvida sobre ele!


EXEMPLOS DE MARKETING DIRETO


marketing direto


Para apresentar alguns exemplos, trouxemos uma premiação de marketing direto que foi realizada em 2015 pelo Correio. Nessa premiação eles contemplaram alguns clientes. Veja, a seguir, algumas das empresas que receberam esse prêmio:

  • Banco Santander
“Amigo de Valor” foi o case utilizado pelo Santander e tinha como público-alvo o B2B e B2C, funcionários e clientes do banco, com objetivo de aumentar a arrecadação da campanha Amigo de Valor.

O Santander utilizou a seguinte estratégia: para incentivar a doação, foi desenvolvida uma campanha integrada, multicanal, que envolvia diversas peças de comunicação, como alguns exemplos: mala-direta, filmes institucionais, posts nas redes sociais, e-mail marketing, dentre outros.

O desafio era materializar o conceito da campanha: “transforme um sonho de hoje em realidade amanhã”. Para isso, foi criada uma comunicação em que as crianças falavam dos seus sonhos e participavam juntas de uma oficina de arte em que construíam os meios para realizar esse sonho. Esses objetos tornaram-se ícones da campanha, que incentivava as pessoas a contribuírem para essa causa.

  • Samsung da Amazônia
O case utilizado pela Samsung foi “S Pen Premiada Galaxy Note 4”. A Samsung tinha como público-alvo B2C: clientes e prospects de 18 a 45 anos que possuíam acessórios, smartphones e tablets. Seu objetivo era aumentar o fluxo de pessoas nas lojas Samsung no período posterior às festas de fim de ano.

Mas como a Samsung fez sua estratégia? A base da Samsung foi segmentada e, após a definição, enviou e-mail para cada cliente e malas-diretas com um número de sorte que poderia ou não estar premiado com um Galaxy Note 4. O vendedor da loja registrava este número em um sistema de resgate e complementava com os dados do cliente, personalizando os números de sorte referentes a cada um.

As peças adotaram uma linha que associava o número da sorte à imagem da caneta S Pen, um importante produto diferencial do Galaxy Note 4. Como era algo inovador, a mala-direta da promoção foi criada em formato do Note 4 em tamanho real.

O que podemos observar é que os clientes ganhadores sempre utilizaram os mecanismos de serviço dos Correios que mais se identificam com a linguagem da empresa e o público que elas desejavam atingir. Sendo assim, essa premiação realizada pelo Correio mostra a eficiência dos produtos ofertados por eles para que as empresas atinjam seus objetivos de comercialização.

Essa estratégia inclui decisões em cinco áreas: a oferta, o meio, a mensagem, o tempo e a sequência, e o serviço ao cliente. A chave para se obter sucesso com o marketing direto é saber o que e como oferecer ao cliente. Ou seja, a empresa precisa entender as necessidades do público-alvo. Por isso a importância de saber qual o meio a ser utilizado para que a mensagem atinja o seu público da forma esperada.

contato ready to do